Disponível

18,08€

  • 6 ou mais 17,72€


     

Os vinhos Quinta do Ataíde são elaborados a partir de uvas de produção biológica desta vinha de com 81 hectares localizada no longínquo vale da Vilariça, Douro Superior. A Vilariça é um lugar único, caraterizado por um terreno moderadamente ondulado constituído por solos de xisto, típicos do Douro, aqui com uma componente de argila que ajuda a reter a húmidade na vinha.

Produzido exclusivamente a partir de Touriga Nacional, de vinhas que contrastam completamente com as vinhas de montanha escarpadas que cobrem a maior parte da região do Douro. No vale da Vilariça, origem deste vinho, a precipitação é escassa, a rondar os 500mm anuais com invernos muito frios e verões quentes, originando clássicos aromas de Touriga Nacional, revelando violetas e frutos pteros com notas fumadas. Excelente volume e concentração, com taninos finos e delicados, apresentando sabores de framboesa e groselha preta com acidez equilibrada. Final fresco e persistente. 

Ficha Técnica
Álcool 14%
Capacidade 0,75 Litros
Casta Touriga Nacional
Consumo Pronto a consumir, embora tenha potencial para evoluir favoravelmente em garrafa até 2024.
Dados Analíticos Acidez: 5.3 g/l ; PH: 3.65 ; Açucares: 0.9 g/l
Engarrafamento Março 2016
Enologia Charles Symington
Outras Pontuações Revista de Vinhos: 17/20 pontos ; Robert Parker: 90/100 pontos
Produtor Symington Family Estates
Sugestão de Acompanhamento Ideal com carnes vermelhas e queijos fortes.
Vinificação As uvas no Ataíde, vindimadas para caixas de 20 Kg, são transportadas para a Adega de Reservas na Quinta do Sol. à chegada, é feita uma escolha manual dos cachos, seguindo-se um desengace suave depois do qual os bagos são transportados para cubas de fermentação, sem recurso a qualquer tipo de bombagem. Os bagos são suavemente esmagados à entrada da cuba, evitando-se desta forma oxidações precoces. As fermentações são seguidas individualmente e as temperaturas e os movimentos de maceração; pisas, remontagens e delestages ajustados de modo a realizar o potencial máximo das uvas. Concluída a fermentação alcoólica, segue-se uma maceração pós fermentativa, durante a qual se promove a extração de taninos das grainhas. Parte das uvas destinadas ao “Vinha do Arco” é fermentada em barricas novas de carvalho francês de 400 litros abertas, com maceração através de pisa com “macacos” e à mão, resultando em vinhos de grande porte e bem estruturados.
Ano 2014
Estilo Vinho Tinto
Região Douro
Prémios Concurso vinhos de Portugal 2017, Prata ; Decanter World Wine Awards 2017, Prata ; International Wine Challenge 2017, Prata
Temperatura de Consumo Servir a 14-18º

Não há comentários para este produto.

Para escrever um comentário deve iniciar sessão com a sua conta.